Barulho confundido com disparo provoca correria na queima de fogos em Orlando

Evento reuniu famílias de imigrantes separadas no Lago Eola, em Orlando, na queima de fogos de 4 de julho

Tudo transcorria normalmente na celebração de 4 de julho, no Lago Eola, em Orlando, quando um barulho inesperado – confundido com tiro – provocou um corre-corre deixando pessoas feridas. O evento reuniu famílias de imigrantes separadas

Da Redação – O que fato aconteceu no Lago Eola, em Orlando, na queima de fogos de artifício durante as celebrações de 4 de julho? Um barulho estranho – suposto tiro –, segundo testemunhas, teria causado muita confusão – pessoas correndo em desespero deixando vários feridos. Pensava-se que fosse um possível ataque.

Os insistentes eventos com atiradores em escolas, supermercado e estações do metrô têm deixado as pessoas extremamente apreensivas. E conforme o relato de quem acompanhava as celebrações, um estrondo durante a apresentação de uma banda musical foi o estopim para provocar o corre-corre.

Para famílias separadas

O barulho inesperado, segundo um jovem, não estava de acordo com a música da banda, parecido com um disparo. Isso fez com que o povo fugisse do local, provocando ferimentos. O evento da queima de fogos tinha sido preparado para reunir famílias que estavam separadas de seus entes queridos

A polícia de Orlando diz que não há ameaça à comunidade, de acordo com um comunicado publicado no Twitter, e que toda área estava sendo monitorada, com total segurança. Segundo os organizadores, o evento reuniu cerca de 100 mil espectadores.

Fonte: Nossa Gente

Marcações: