Imigrantes com Green Card e Autorização de Trabalho poderão votar nas eleições municipais em NY a partir de 2023

O prefeito de New York, Eric Adams, sancionou a lei que que vai permitir que 800 mil imigrantes…

O prefeito de New York, Eric Adams, sancionou a lei que que vai permitir que 800 mil imigrantes possam votar nas próximas eleições municipais. Os opositores à legislação, aprovada pela Câmara Municipal há um mês, prometem lutar para impedir que ela entre em vigor. A menos que um juiz interrompa sua implementação, a cidade de New York será a primeira grande cidade dos EUA a conceder amplos direitos de voto municipal a não-cidadãos. Já existem várias cidades que permitem que não-cidadãos votem nas eleições locais, incluindo 11 cidades em Maryland e duas em Vermont, mas todas de pequeno porte.

Os não-cidadãos liberados para votar nas eleições locais ainda não poderiam votar para presidente ou membros do Congresso em disputas federais, ou nas eleições estaduais que escolhem governador, juízes e legisladores. A Junta Eleitoral deve agora começar a traçar um plano de implementação até julho, incluindo regras de registro de eleitores e disposições que criariam cédulas separadas para a eleição municipal para impedir que os imigrantes votem em disputas federais e estaduais.

Este é um momento decisivo para a cidade mais populosa do país, onde os não-cidadãos em idade de votar, legalmente documentados, compreendem quase um em cada nove dos 7 milhões de habitantes.

De acordo com a nova lei, imigrantes que são residentes permanentes há pelo menos 30 dias, bem como aqueles que possuem autorização para trabalhar nos EUA, incluindo “Dreamers”, possam votar no prefeito da cidade, vereadores, presidentes de distritos, fiscal e procurador público.

As primeiras eleições em que os imigrantes poderão votar serão em 2023. “Construímos uma democracia mais forte quando incluímos as vozes dos imigrantes”, disse o ex-vereador da cidade Ydanis Rodriguez, que liderou uma campanha para a aprovação da legislação.

Ele, que o Eric Adams nomeou como seu Comissário de Transporte, agradeceu ao prefeito pelo seu apoio e espera uma defesa vigorosa contra quaisquer contestações legais.

O prefeito Adams disse que espera que a lei traga muitos benefícios para o processo democrático. “Acredito que os nova-iorquinos devem ter voz em seu governo, e é por isso que tenho e continuarei apoiando essa importante legislação”, disse ele em um comunicado divulgado na noite do dia 08. Ele acrescentou que suas preocupações anteriores foram amenizadas após o que ele chamou de “diálogo produtivo com os colegas”.

Alguns estados, incluindo Alabama, Arizona, Colorado e Flórida, adotaram regras para impedir qualquer tentativa de aprovar leis como a de NY.



Apoiem os Pequenos negócios.

Mantenha a economia girando!

 

Acesse a rádio Brazilian Timeshttps://radiobraziliantimes.com/

ATLAS CABLE– A melhor promoção da Comcast para você ter internet de 1GB. O triple play tem equipamentos HD, 185 canais americanos e lations. Por apenas: $79.99. Estamos localizados  no 493 Broadway, Everett (MA). Ligue: (781) 816-7330.

Seja um franquiado da Preserve Sevices– Aumente o seu negócio de construção existente: a sua receita parou de crescer? Você continua trabalhando mais horas pela mesma quantidade de dinheiro? Vamos treiná-lo para trabalhar de forma mais inteligente, não mais difícil. Temos 27 anos de experiência por trás de nossos métodos simples de estimativa, experiência em marketing e tecnologia! Trabalhe menos e deixe o crescimento acontecer com nosso sistema. Atendemos em Massachusetts, Connecticut e New Hampshire. Ligue: 866-250-1610 – Site: www.Preserveservices.com/franchise

Advogada brasileira em NY– Melissa Kobertnitsky Law, PC- Com foco em negligência médica e indenização por acidentes: Acidentes de construção, Negligência médica, Acidentes de carro. Estamos localizados em: 49 West 37th Street, 7th Floor, New York. Ligue: (212) 969-8117- Instagram: @melissa.kobernitski.nylaw

Fonte: Brazilian Times