Homem é acusado de racismo após insultar imigrante em CT

Um homem de Connecticut foi acusado de jogar um copo de smoothie e agredir verbalmente o…

Um homem de Connecticut foi acusado de jogar um copo de smoothie e agredir verbalmente o funcionário de uma loja da Robeks Fresh Juices & Smoothies, em Fairfield (Connecticut). De acordo com os relatos, ele estava indignado pelo fato de seu filho ter tido uma reação alérgica depois de ingerir uma bebida vendida no local.

O homem, identificado por James Iannazzo, insultou o funcionário pelo fato dele ser um imigrante e xingou outros. Ele culpou o local pela condição de saúde do filho.

A polícia de Fairfield afirmou que o caso foi registrado no sábado, dia 22, e que James é um consultor financeiro de 48 anos de idade, que trabalhava para a Merrill Lynch. “Ele exigia saber quem era p funcionário que colocou manteiga de amendoim na bebida do menino”, disse o relatório policial. “Quando os funcionários não forneceram a resposta que ele queria, o homem ficou irado, gritando com os funcionários usando vários palavrões. Depois ele jogou uma bebida que atingiu o ombro direito de um funcionário”, acrescentou o relatório.

A polícia também disse que James “fez comentários a um funcionário referindo-se ao seu status de imigração”. As autoridades disseram que ele continuou a gritar com os funcionários e tentou abrir uma porta que dava entrada à uma área restrita a funcionários. Ele foi convidado a sair várias vezes, mas isso o deixava mais revoltado.

James, que saiu da loja antes que a polícia chegasse, se entregou mais tarde. Ele foi acusado de intimidação com base em intolerância ou preconceito, violação da paz e invasão criminosa.

Fonte: Da redação

Fonte: Brazilian Times

Marcações: