Casal é preso acusado de comandar uma grande rede de prostituição em Broward (FL)

Uma mulher e seu namorado foram presos acusados de comandar uma operação de prostituição em larga escala em salões de massagens em Broward County. Segundo as autoridades, a investigação começou em outubro de 2022, em várias casas de massagens e spas operados por Catalina Soto, seu namorado Yonleno Carmenates e o filho de Soto, Diego Molina Prieto, disseram as autoridades. O filho da mulher presa está sendo procurado pela polícia.

Os detetives de Broward identificaram uma rede de pelo menos seis empresas operando em Fort Lauderdale, Deerfield Beach, Pompano Beach, Hallandale Beach, Margate e Oakland Park, onde as autoridades disseram que as atividades de prostituição estavam gerando grandes somas de dinheiro. Com a ajuda da Homeland Security Investigations e dos departamentos de polícia de Fort Lauderdale e Miramar, a BSO descobriu que o trio estava usando várias instituições financeiras para lavar mais de $100 mil em receitas de prostituição.

Soto e Carmenates foram presos na segunda-feira (10), depois que um mandado de busca foi emitido em sua casa. Um mandado de busca também foi emitido na casa de Molina Prieto, mas ele estava fora do país, disseram as autoridades. Ele será preso quando voltar, declararam as autoridades.

Todos os três enfrentam acusações, incluindo obtenção de apoio do processo de prostituição e lavagem de dinheiro e extorsão

Os registros mostraram que Soto, 49, e Carmenates, 44, foram levados para a prisão de Broward, onde foram mantidos sob fiança de $ 250 mil cada.

*com informações da NBC Miami

The post Casal é preso acusado de comandar uma grande rede de prostituição em Broward (FL) appeared first on AcheiUSA.

Fonte: AcheiUSA