Dias de folga por causa da neve ou outros eventos climáticos poderão acabar para estudantes de NJ

Os maravilhosos dias de folga por causa da neve são os momentos em que todas as crianças apreciam porque não precisam ir à escola e podem ficar em casa. Mas esses dias felizes podem acabar em New Jersey se um projeto de lei for aprovado.

O Senado estadual votou por 39 a 0 na última quinta-feira para aprovar um projeto de lei que permitiria que as aulas virtuais contassem para o requisito de instrução escolar de 180 dias.

Em termos práticos, o projeto de lei permitiria que as escolas oferecessem aulas remotas se fossem forçadas a fechar devido a coisas como clima, estado de emergência, ordem de saúde pública, “qualquer outra circunstância que exija o fechamento de escolas”.

“Agora teremos a capacidade de realizar aprendizagem remota durante uma emergência climática e não perder um dia de aula devido a tormentas de neve ou outra causa perigosa”, disse à NJ.com o senador Nicholas Sacco, um dos patrocinadores do projeto de lei. “Nossa esperança é que isso ajude os distritos a evitar estender o ano letivo à medida que continuamos a ver eventos climáticos mais extremos”.

Para sediar um dia de instrução virtual, o projeto exigiria que os distritos fornecessem uma notificação por escrito ao conselho de educação e ao superintendente executivo do condado. Os distritos teriam que certificar que todos os alunos têm acesso a computadores, banda larga ou qualquer outra tecnologia necessária para as aulas virtuais. O projeto de lei ainda precisa passar pela Assembleia estadual antes de ir para a mesa do governador Phil Murphy para uma possível assinatura.

Fonte: Brazilian Press