Governo estima $42 milhões em propaganda para ajudar no turismo da FL

Fonte: Flickr

O lockdown no mundo todo começou em março e agora as cidades disputam os turistas que estejam dispostos agendar viagens ou pagar agora para viajar depois.

Há alguns meses com pouca ou nenhuma renda do turismo devido ao temor de contaminação do coronavírus, as autoridades do mundo todo agora disputam a preferência dos primeiros turistas dispostos a viajar. Na Flórida, o governo estima que serão gastos $42 milhões com propaganda, mas o setor quer mais.

A Flórida tem uma economia razoavelmente diversificada, mas o turismo é uma parcela muito importante da receita. Pensando nisso, os diretores do Departamento de turismo vão investir pesado em marketing, a promessa é investir $42 milhões, o orçamento total da pasta aprovado para o próximo ano fiscal são $108 milhões.

Mas isso não foi o suficiente para acalmar os ânimos. A Presidente da Associação de Hotéis e restaurantes do Estado, Carol Dover, já disse que vai precisar de bem mais que isso para resolver o problema. “Eu falei diretamente com o Governador que precisamos de mais verba. E falei que US$50 milhões não resolveria em um contexto de normalidade. Agora, nós provavelmente precisaremos do dobro disso meramente para voltar a ser lucrativo”, alerta Dover. A Presidente disse que teve reunião com o Governador Ron DeSantis, ele ouviu tudo, mas não comentou.

De acordo com o site Visit Florida, para exemplificar apenas o setor hoteleiro, os prejuízos acumulam U$3.5 bilhões devido ao impacto provocado pelo coronavírus, conforme já divulgado pelo jornal Gazeta News. 

Outras medidas adotadas pelo mundo

Cancun, no litoral do México, por exemplo, lançou a promoção 2×1. Onde vai oferecer duas noites grátis para cada duas noites pagas, além de reembolsar o valor de uma passagem aérea para o turista que não viajar sozinho.

Alguns cassinos em Las Vegas estão presenteando mais de 1000 passagens aéreas para turistas de dentro dos Estados Unidos. O objetivo é fomentar o turismo local.

A Tailândia, onde está o luxuoso hotel Cape Fahn, recentemente lançou a promoção “compre um, leve outro grátis”. A promoção vale para suas luxuosas instalações com piscina.

Destinos menos tradicionais, como a Bulgária, não cobrará por mesas, lounge e guarda sol em suas praias, como era costume. A Suíça vai oferecer descontos de até 65% nos hotéis.

Também vale atrair turistas de formas menos ortodoxas. A ilha de Cyprus, no Mediterrâneo, por exemplo, promete pagar hospedagem, comida, bebida e remédios para o turista que entrar sem corona e testar positivo durante a estadia.

Promessa semelhante faz o Uzbequistão. O governo do país garante que vai pagar US$3 mil de indenização para o turista que contrair o vírus durante a estadia. Com informações da WSVN, CNN e visit Florida.

Related Images:

[See image gallery at gazetanews.com]

O post Governo estima $42 milhões em propaganda para ajudar no turismo da FL apareceu primeiro em Gazeta News: O maior Jornal Brasileiro da Florida, nos EUA.

Fonte: Gazeta News

Comentários Facebook