O que tablet perdido em guerra da Líbia revela sobre grupo de mercenários

O Wagner é um grupo de mercenários russos cujas operações se espalham por diversas partes do mundo: da guerra na Síria a minas de diamante na República Centro-Africana.

Mesmo assim, a organização tenta se manter secreta.

A BBC teve acesso exclusivo a um tablet que foi deixado para trás em um campo de batalha por um combatente do Wagner na Líbia.

Os dados salvos no aparelho dão detalhes inéditos sobre como essas operações funcionam.

A legislação internacional já considera mercenários “combatentes fora da lei”.

Mas descobrimos indícios de que o Wagner também cometeu crimes de guerra.

Um líder do Wagner já foi sido fotografado com Vladimir Putin, mas o Kremlin nega ligação com o grupo.

Confira no vídeo.

Leia também a reportagem: https://www.bbc.com/portuguese/internacional-58171393

Fonte: BBC

Comentários Facebook

Marcações: