Trajeto Londres-Edimburgo ficará mais barato com novo trem

O preço das passagens de trem no Reino Unido podem variar bastante de acordo com os horários e datas. Porém, a viagem entre Londres e Edimburgo feita pela estatal London North Eastern Railway (LNER) não sai por menos de £ 36 – e para encontrar esse preço é preciso reservar com meses de antecedência. Em cima da hora, o valor sobre para £ 76. A boa notícia é que esse cenário deve mudar a partir de 25 de outubro, quando começam a circular os novos trens low cost Lumo.

Já fazem cinco anos que uma licitação foi aberta para que empresas privadas começassem a operar entre as capitais da Inglaterra e da Escócia. O objetivo era justamente criar concorrência com a LNER e assim diminuir os preços das viagens. Quem venceu o concurso foi a FirstGroup, que investiu um total de £ 115 mil em tecnologia e infraestrutura para a criação de linhas 100% elétricas. 

A empresa responsável pelos novos trens de baixa emissão de carbono anunciou que o valor dos bilhetes partirá de £ 14,90 e raramente ultrapassará os £ 30. A rota, que terá paradas em Newcastle, Morpeth e Stevenage, deve atender a necessidade de mais de 74 mil pessoas por mês que acabam viajando de avião entre Londres e Edimburgo.

A imagem é a foto da lateral de um trem azul com seu logo escrito lumo
Totalmente elétricos, os trens da Lumo são considerados mais sustentáveis por reduzirem as emissões de carbono. Crédito:  FirstGroup/Divulgação

As premissas defendidas pela FirstGroup estão todas centradas na igualdade e sustentabilidade. Além das passagens mais acessíveis, os trens terão uma única classe, o que garante que todos os passageiros receberão o mesmo tipo de atendimento. No que diz respeito ao bem-estar do planeta, a empresa pretende publicar regularmente os seus dados de emissão de carbono e calcular o seu impacto atmosférico. Por fim, metade das opções são vegetarianas ou veganas no menu oferecido a bordo.

“Estamos capacitando as pessoas a fazerem escolhas de viagens ecológicas, que sejam genuinamente acessíveis sem comprometer o conforto”, acrescentou Helen Wylde, diretora-gerente da Lumo. A empresa pretende expandir as suas rotas no futuro, quando serão colocados mais cinco trens em circulação.

Leia tudo sobre o Reino Unido

Busque hospedagem em Londres e Edimburgo

  • Resolva sua viagem aqui

    Continua após a publicidade
    Publicidade

    Fonte: Viagem e Turismo

    Comentários Facebook