Irmãos brasileiros condenados por latrocínio em MG são presos em Massachusetts

O U.S. Immigration and Customs Enforcement’s (ICE) informou a prisão de dois irmãos brasileiros que fugiram para os EUA em 2014 após assassinar um adolescente em Minas Gerais. Deivide Denis Lino Ribeiro, de 31 anos, e James Taylon Lino Ribeiro, de 28, foram presos em Everett, Massachusetts, no dia 13 de maio.

Segundo o ICE, a dupla  representava uma “clara ameaça à segurança pública” com base em suas condenações por latrocínio, que é roubo seguido de homicídio, cometido no Brasil. “Com a prisão desses fugitivos perigosos, os moradores de New England [onde os irmãos residiam] podem dormir mais seguros e protegidos esta noite”, disse LaDeon Francis, diretor-interino do ICE em Boston..

Os foragidos foram condenados por matarem a tiros o adolescente Altino Gabriel de Souza Neto, 16 anos, na cidade de Mendes Pimentel. A vítima trabalhava como caixa em um posto de gasolina e estava em expediente quando a dupla entrou estabelecimento para cometer um assalto.

Deivide, quem puxou o gatilho, teve a pena de 36 anos de prisão estabelecida em 2020. Já James pegou pena de 19 anos por ter sido cúmplice do irmão no assalto. Mas muito antes de cumprirem a pena, fugiram e entraram ilegalmente nos EUA, onde viviam desde então.

Em 7 de abril de 2022, a Polícia Federal do Brasil notificou a Enforcement and Removal Operations (ERO) sobre a provável presença dos dois no país norte-americano. O ERO comunicou ao ICE, que passou a procurar os criminosos. Eles aguardam transferência para o Brasil, onde irão cumprir pena por roubo seguido de assassinato.

Qualquer pessoa com informações sobre fugitivos estrangeiros nos EUA devem entrar em contato com o ICE ligando pelo telefone 1 (866) DHS-2-ICE . A denúncia também pode ser feita através de um formulário online.

Fonte: AcheiUSA