‘Não é hora de uma esquerda frouxa’, diz Lindbergh Farias

18/01/201816h41O líder do PT no Senado, Lindbergh Farias (RJ), postou um vídeo em sua página no Facebook em que endossou nesta quarta-feira (17) as do partido, Gleisi Hoffmann (PR), segundo quem para decretar a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai ter que “matar gente”.
Embora a própria Gleisi tenha afirmado que foi uma “força de expressão” e à cidade de Porto Alegre, Lindbergh criticou os correligionários que tentaram minimizar o impacto das declarações da senadora.
“Vi gente de esquerda dizendo que não era bem isso. O que esse pessoal quer? Será que não entenderam o que está acontecendo no país? Será que acham que estamos vivendo um período de normalidade democrática? Não”, atacou Lindbergh.
No vídeo, o parlamentar afirma que defende “uma nova esquerda, pronta para o enfrentamento e lutas de rua e não uma esquerda frouxa”. Para Lindbergh, o processo de condenação de Lula “não tem provas e está desmoralizado”. Ele cita como argumento o fato de uma juíza de Brasília ter autorizado a penhora saldar dívidas de delatores da OAS, o que para o petista é uma prova de que o imóvel pertence à construtora.

Fonte: Folha de S.Paulo

Comentários Facebook

Marcações: