Profissionais de saúde da FL exigem do governador ordem de uso obrigatório de máscara

Imagem: Miami-Dade twitter.

Com 432.747 casos confirmados e 5,931 mortes pelo coronavírus, segundo o Departamento de Saúde, a Flórida agora está no centro do surto de COVID-19 dos EUA, atrás apenas da Califórnia em casos confirmados, de acordo com dados da Universidade Johns Hopkins.

O aumento diário nos números levou à união de profissionais do Jackson Health -um dos maiores sistemas de saúde do estado da Flórida -a fazer um apelo quanto ao uso obrigatório de máscara diretamente ao governador.

Para ajudar a conter a propagação do vírus, o sindicato dos funcionários do Jackson Health, que representa mais de 5.000 enfermeiros, médicos e profissionais de saúde, exige que o governador Ron DeSantis emita um mandato de máscara em todo o estado, de acordo com um comunicado de imprensa divulgado pelo grupo.

“Com Miami-Dade, o novo epicentro do coronavírus, com mais de 100.000 casos positivos, e os casos da Flórida agora superando Nova York, é fundamental que o estado siga as restrições de saúde, incluindo a imposição do uso de máscara para controlar esta crise”, afirmou o comunicado.

Desde o início da pandemia, DeSantis recomendou o uso de máscaras, mas não emitiu uma ordem obrigando o uso de máscara em todo o estado. A obrigatoriedade vem de cada condado ou prefeitura que determinam ou não o uso obrigatório a seus moradores. 

Leitos de UTI

De acordo com a Agência de Administração de Serviços de Saúde da Flórida (AHCA), 46 UTIs de hospitais na Flórida atingiram a capacidade sem leitos disponíveis. Outros 30 hospitais têm 10% ou menos da capacidade da UTI disponível. Cerca de 18% dos leitos de UTI estão disponíveis em todo o estado da Flórida, de acordo com a AHCA.

Durante uma entrevista com o vice-presidente de imprensa Mike Pence na DeSantis disse que as internações hospitalares no domingo na Flórida foram as mais baixas desde junho, DeSantis disse que o estado também tem a menor taxa de mortalidade no país em 1,3%.

Porém, os números ainda aumentam diariamente. O Departamento de Saúde da Flórida informa um total de 8,901 novos casos e 77 novas mortes nesta segunda-feira, 28.

Além dos profissionais da saúde, o sindicato dos professores da Flórida considera o aumento de casos de coronavírus em crianças como “alarmante” e entrou com processo contra DeSantis e outras autoridades para interromper a reabertura das escolas no próximo mês.

 

Related Images:

[See image gallery at gazetanews.com]

O post Profissionais de saúde da FL exigem do governador ordem de uso obrigatório de máscara apareceu primeiro em Gazeta News: O maior Jornal Brasileiro da Florida, nos EUA.

Fonte: Gazeta News