Haitianos protestam nas proximidades da casa de Trump em West Palm Beach

  • EUA

Haitianos protestam em Maralago FOTO: Sunsentinel
Cerca de 500 haitianos fizeram um protesto nas proximidades da residência de Donal Trump. Nesta segunda-feira (15), em West Palm Beach. No dia em que é celebrado o dia do líder do movimento negro Martin Luther King Jr, o protesto teve como objetivo pedir uma retratação do presidente que se referiu na semana passada ao Haiti e países da África como ‘shithole’ (países de m***a em tradução livre). A fala de Trump – que passou o final de semana no local – gerou protestos diversos e uma crise diplomática entre os EUA e esses países.
Com bandeiras e camisas do Haiti, os manifestantes querem um pedido de desculpas. “O que queremos? Um pedido de desculpas”, disse um dos haitianos.
O protesto foi realizado na Southern Boulevard próximo à ponte Intracoastal. “Se Martin Luther King estivesse vivo, eles estaria aqui marchando conosco. Vamos rezar pela América e por Trump. Não queremos impeachment, apenas um pedido de desculpas”, disse o organizador do protesto, James Leger.
Enquanto os haitianos protestavam, apoiadores do presidente estavam do outro lado da rua segurando cartazes pró-Trump, com os dizeres “I Love Trump” e “Trump 2020”. Trump retorna para Washington na tarde desta segunda-feira.

Fonte: AcheiUSA

Comentários Facebook