Natal é destino doméstico com maior demanda para o 2º semestre

Divulgação Setur RN

Uma análise conjunta dos dados mais recentes sobre passagens aéreas pela empresa de dados Forward Keys e Emprotur, Empresa Potiguar de Promoção Turística, destacou o sucesso recente da capital do Rio Grande do Norte, Natal. O desempenho geral do destino no mercado interno brasileiro em junho atingiu 108% da demanda de 2019, o maior percentual entre os destinos brasileiros. O resultado levou a Forward Keys a classificar Natal como “o destino doméstico brasileiro mais resiliente“.

Entre as cinco principais cidades de origem para viagens domésticas a Natal, estão Brasília, com 314% de aumento em relação aos níveis de 2019 entre 1º de julho a 31 de dezembro, seguida de São Paulo (+288%), Belo Horizonte (+275%), Porto Alegre (+191%) e Rio de Janeiro (+150%). O Governo do Rio Grande do Norte está trabalhando, em conjunto com todo o comércio turístico local, para garantir uma recuperação constante de demanda, com foco no mercado interno de curto prazo, para posteriormente deslocar o foco para o mercado internacional.

Divulgação

“Estabelecemos uma estratégia de posicionar nossos destinos dentro de uma ampla gama de pontos de contato, focando mais na conversão do que na conscientização. Estamos desenvolvendo campanhas de marketing cooperativo com agências de varejo, OTAs e grandes operadoras de Turismo, também realizando sessões de treinamento para agentes de viagens em paralelo para fornecer-lhes recursos para auxiliar em seu processo de vendas. Usando os dados fornecidos pela Forward Keys, pudemos desenvolver a melhor “configuração” para as campanhas em cada mercado de origem. Portanto, esse crescimento é resultado dessa abordagem alicerçada na exaustiva análise de market data e no relacionamento proativo com os principais players do mercado”, afirmou o presidente da Emprotur Brasil, Bruno Reis.

O futuro também parece promissor para o Rio Grande do Norte. “Ao examinar o aumento da capacidade de assentos programados para chegadas no final do ano, podemos ver que as companhias aéreas estão apostando em um aumento na demanda conforme mostram os dados de reservas, uma aceleração acima dos níveis de 2019 nas viagens para Natal no 4º trimestre do ano”, disse o analista de insights da Forward Keys, Juan Gomez.

Bruno Reis acrescentou que os agentes e agências de viagens podem esperar um evento chamado “A experiência do Rio Grande do Norte” no quarto trimestre, no qual agentes de viagens selecionados com os melhores desempenhos em viagens ao Estado serão convidados para uma experiência em primeira mão do destino.

Divulgação

Bruno Reis

Bruno Reis

Divulgação

Fonte: PANROTAS

Comentários Facebook