Pandemia da Covid-19 coloca mais de 1,2 milhão de casos de imigração em espera

indocumentados
Imagem: USCIS.

O sistema de processamento de imigração dos Estados Unidos ficou mais lento como resultado da pandemia da COVID-19, que obrigou ao fechamento temporário de centenas de escritórios e cancelamento de audiências em todo o país.

Com isso, mais de 1,2 milhão de processos estão atrasados ​​”por meses e muitas vezes anos”, de acordo com dados obtidos pela Transactional Records Access Clearinghouse (TRAC) da Syracuse University (NY).

Segundo o relatório da universidade, o número de casos de processos judiciais de imigração concluídos mensalmente despencou para “mínimos históricos” entre abril e julho.

Em dezembro de 2019 e janeiro de 2020, o total de “conclusões” mensais relatadas por locais de audição em todo o país girou em torno de 40.000. Mas o número caiu quase pela metade – para 26.699 – em fevereiro, quando o surto estava começando a afetar as operações judiciais.

Entre março e julho, os números começaram a cair “vertiginosamente” e em 1º de julho, os locais de audiência relataram que apenas 5.960 casos haviam sido resolvidos. O fator chave foi o “fechamento parcial do Tribunal de Imigração na sequência da COVID-19”, aponta o estudo.

“Para o atual acúmulo ativo do tribunal de 1.233.307 imigrantes aguardando que seus casos sejam ouvidos, as audiências canceladas devido à pandemia estão aumentando os atrasos em meses e, muitas vezes, por anos”, disse o TRAC.

De acordo com os números do TRAC, o maior número de conclusões de casos em julho foi registrado pelo tribunal de Miami, Flórida, com 216.

Os Serviços de Cidadania e Imigração dos EUA (USCIS) cancelou no dia 25 de agosto os planos de dispensar 70% de sua força de trabalho em setembro. Se isso acontecesse, o sistema de imigração nos EUA poderia ficar ainda mais paralisado, resultando em um atraso na autorização de trabalho e no processamento da residência permanente.

A agência de imigração disse em um comunicado que espera ser capaz de manter as operações até o final do ano fiscal de 2020, este mês de setembro, por meio de reduções agressivas nos gastos. A agência busca US $ 1,2 bilhão em financiamento de emergência do Congresso para continuar as operações. Caso contrário, ela planeja dispensar mais de 13.000 funcionários em todo o país. A agência depende de taxas de visto para operar e isso caiu drasticamente como resultado das paralisações induzidas pela COVID-19.

Para mais informações e os dados, acesse https://trac.syr.edu/immigration/reports/620

Related Images:

[See image gallery at gazetanews.com]

O post Pandemia da Covid-19 coloca mais de 1,2 milhão de casos de imigração em espera apareceu primeiro em Gazeta News: O maior Jornal Brasileiro da Florida, nos EUA.

Fonte: Gazeta News