Surto de carne moída contaminada se expande para 10 estados, incluindo a FL

Pelo menos 156 pessoas em 10 estados foram infectadas com E. coli depois de comer carne moída em casa e em restaurantes, disseram autoridades federais. Até agora, 20 foram hospitalizadas e nenhuma morte foi relatada, disseram os Centros de Controle e Prevenção de Doenças na terça-feira, 23. Na Flórida, três casos foram relatados até o momento.

O CDC disse no início do mês que havia identificado carne moída como alimento responsável por um surto que na época envolvia 109 casos de doenças em seis estados.

Agora, o surto se expandiu e inclui: Geórgia, Kentucky, Ohio, Tennessee, Virgínia, Indiana, Flórida, Illinois, Mississippi e Minnesota.

Enquanto isso, o Colorado Premium Foods retirou mais de 113.000 libras de carne moída em bruto devido a uma possível contaminação por E. Coli, informou o Serviço de Inspeção e Segurança Alimentar na terça-feira. A empresa da Geórgia disse que os itens de carne moída foram produzidos em 26 e 29 de março, e em 2, 5, 10 e 12 de abril.

Carne moída está ligada a surto de E. coli pelo país, diz CDC

Os casos incluem pessoas que comeram a carne desde 1º de março, disse a agência, mas nenhum fornecedor, distribuidor ou marca de carne bovina foi identificado.

“Investigações de rastreio estão em andamento para determinar a fonte de carne moída crua fornecida a mercearias e restaurantes onde pessoas doentes relataram ter comido”, disse o CDC.

Os sintomas da infecção por E. coli incluem cólicas estomacais graves, diarreia e vômitos. Eles começam, em média, três a quatro dias após a ingestão da bactéria. A maioria das pessoas se recupera em cinco a sete dias.

Os consumidores são encorajados a evitar a propagação da E. coli lavando as mãos, cozinhando a carne moída a uma temperatura interna de 160 graus e mantendo os alimentos crus longe da carne crua para evitar a contaminação cruzada.

Leia também

EUA: JBS anuncia novo recall por suspeita de carne com salmonela

O post Surto de carne moída contaminada se expande para 10 estados, incluindo a FL apareceu primeiro em .

Fonte: Gazeta News