Candidata a vereadora por Somerville defende comunidades imigrantes

Judy Pineda Neufeld nasceu e cresceu em Los Angeles, na Califórnia, e se mudou para Somerville,…

Judy Pineda Neufeld nasceu e cresceu em Los Angeles, na Califórnia, e se mudou para Somerville, em Massachusetts, em 2001 para estudar na Tufts University. Logo que chegou, ela se apaixonou pela cidade. “Eu morei em East Somerville, Spring Hill, Prospect Hill e agora Teele Square”, disse.

Agora, Judy busca uma vaga para vereadora na Ala 7 da cidade e a redação do Brazilian Times conversou com ela para entender quais os seus projetos em relação à comunidade imigrante, bem como seu vínculo com os brasileiros que vivem em Somerville.

Brazilian Times – Conte-nos um pouco sobre sua história e relacionamento com a comunidade imigrante:

Judy Pineda Neufeld – Eu sou uma filha orgulhosa de imigrantes e obtive minha ética de trabalho e criatividade de meus pais, que cresceram na tumultuada década de 1960. Minha mãe, Griselda, nasceu e foi criada no Setor Popular no coração da Cidade do México e imigrou para Los Angeles, Califórnia, como uma mãe solteira, com sua família quando ela tinha 26 anos. Meu pai, Fred, um filho de sobreviventes do Holocausto, nasceu em um campo de deslocados após a Segunda Guerra Mundial. Ele trabalhou no movimento pelos direitos civis na cidade de New York quando adolescente, primeiro levantando fundos entre os alunos do ensino médio para os projetos de registro eleitoral do Student Nonviolent Coordinating Committee no Alabama e no Mississippi, depois lutou para dessegregar prédios de apartamentos em NY em nome das famíliasda Black and Puerto Rican. Meu pai tem sido meu mentor político e eu herdei minhas raízes feministas de minha mãe, da classe trabalhadora.

Como uma mulher mexicana-americana e judia, eu trago uma compreensão aguçada da diversidade e competência cultural que me ajuda a valorizar perspectivas diversas e encontrar pontos em comum onde outros não encontram. Equidade e justiça não são apenas pontos para verificar em uma lista de tarefas, mas sim uma lente pela qual eu vivo e lidero. Eu trouxe essas habilidades para o meu trabalho desde abril de 2020 como chefe da Unidade de Serviços para Imigrantes em resposta à pandemia da COVID-19 na cidade de Somerville. Ao reunir um grupo colaborativo de funcionários da cidade e da escola, e parceiros da comunidade para desenvolver novas maneiras de trazer recursos necessários para nossas famílias imigrantes, nossa equipe foi capaz de apoiar os mais afetados pela pandemia. Sou muito grata pela oportunidade de ajudar as pessoas durante esta crise e garantir que as famílias de imigrantes não sejam deixadas para trás na resposta de Somerville à pandemia.

BT – O que pode ser feito para integrar mais o imigrante na sociedade?

JPN – Irei trabalhar para garantir o acesso equitativo aos serviços e oportunidades municipais, uma estratégia crítica para quebrar as barreiras para os imigrantes em nossa comunidade. Isso incluirá a aprovação de uma lei de acesso a idiomas para garantir que todos os serviços, reuniões e documentos da cidade estejam disponíveis para todos os idiomas falados em nossa cidade. Também vou trabalhar para acabar com a exclusão digital, o que envolveria disponibilizar mais recursos online e offline e fornecer suporte técnico para aqueles que desejam acessar os serviços da cidade. Também quero ajudar os imigrantes que são proprietários de pequenas empresas a acessar os muitos recursos e serviços disponíveis na cidade, incluindo o fundo de auxílio a pequenas empresas sob nossa resposta à Covid.

BT – Quais projetos pró-imigrantes você apóia?

JPN – No momento, a necessidade mais urgente para a comunidade imigrante é garantir que haja recursos para os mais atingidos pela pandemia, incluindo maiores fundos de aluguel, maior acesso a alimentos saudáveis ​​e frescos por meio de gifts cards de supermercado e mais horas de despensa de alimentos,além de maior alívio financeiro através do Somerville Cares Fund. Devemos também garantir que haja apoio para nossos negócios locais, aumentando o fundo de auxílio às pequenas empresas e concentrando-o em negócios de propriedade de imigrantes e acesso ao desenvolvimento da força de trabalho e oportunidades de treinamento profissional. Isso deve incluir o apoio a nossos parceiros da comunidade, como o The Welcome Project, que oferece aulas de ESL para adultos. Também continuarei meu apoio a Somerville como uma cidade santuário e defenderei projetos de lei pró-imigrantes na State House, incluindo a Lei de Comunidades Seguras, A Lei de Mobilidade Familiar e de Trabalho para fornecer carteiras de motorista a todos os residentes qualificados de Massachusetts, independente do status de imigração, e o estímulo igual a Lei de Cheques para Contribuintes Imigrantes.

BT – Como você avalia a relação entre alguns políticos de Somerville com os imigrantes?

JPN – As vozes dos imigrantes precisam de maior representação em todos os níveis do governo municipal, desde a participação em conselhos e comissões locais até nossos líderes eleitos. Muitas vezes são tomadas decisões sobre as comunidades imigrantes sem que eles tenham uma representação na reunião. Como vereadora, irei trabalhar para apoiar e ampliar a liderança imigrante em nossa comunidade. Sempre procurarei sugestões e levantarei as vozes dos imigrantes, especialmente sobre as políticas que mais os afetam.

BT – Tem pessoas em sua equipe que falam outros idiomas?

JPN – Vindo de uma família multilíngue e multicultural, sei a importância de remover as barreiras linguísticas em nossas eleições. Minha equipe de campanha é incrivelmente diversificada, com muitos falando idiomas diferentes. Temos um estagiário que fala português e membros da minha equipe de consultores que falam espanhol e crioulo haitiano. Também convidei membros da minha equipe para traduzir todo o meu site para o português, espanhol e crioulo haitiano. Além disso, traduzi alguns dos meus panfletos de campanha para esses idiomas e, como vereadora da cidade, pretendo garantir que haja comunicação entre mim e meus constituintes nas muitas línguas faladas na Ala 7.

BT – Por que os brasileiros que se inscreveram para as eleições devem votar em você?

JPN – Nos últimos 18 meses, durante a pandemia da Covid-19, tenho trabalhado todos os dias para fornecer recursos essenciais aos nossos vizinhos imigrantes a fim de ajudá-los nesta crise. Eu entendo como apoiar famílias e sei o que é preciso para defender nossas comunidades de imigrantes em Somerville. Se eleita, eu seria a primeira latina na Câmara Municipal de Somerville e usarei minha posição para lutar pelas famílias de imigrantes.

As eleições serão realizadas no dia 14 de setembro e para saber mais sobre a candidata, acesse o link o br.judyforsomerville.com.

Apoiem os Pequenos negócios. Mantenha a economia girando!

ATLAS CABLE- A melhor promoção da Comcast para você ter internet de 1GB. O triple play tem equipamentos HD, 185 canais americanos e lations. Por apenas: $79.99. Estamos localizados  no 493 Broadway, Everett (MA). Ligue: (781) 816-7330.

CUCKOO SIGNS- Gráfica especialista em fazer o seu negócio aparecer. Adesivos. Camisetas. Website. Estamos localizados no 72 Chelsea Street, Everett (MA). Tel: 857-266-3801

Seguros- Barato, completo e confiável. Não cobramos entrada para começar o seguro. Cotações grátis e sem compromisso: -Automóvel-Comercial-Aluguel-Residêncial. Gabrielli Lopes, Agente Licenciada: (781) 608-8547- Whats App – (978) 212-9641- Office. Email: [email protected]

Fonte: Da redação

Fonte: Brazilian Times

Comentários Facebook