Retrospectiva 2018

JANEIRO Condenado a prisão perpétua, brasileiro pede novo Julgamento em MA Os advogados de…

JANEIRO

Condenado a prisão perpétua, brasileiro pede novo Julgamento em MA

Os advogados de um homem, que morava em Marshfield (Massachustets) que foi condenado por esfaquear sua ex-namorada até a morte em seu prédio de apartamentos há seis anos apareceram diante do tribunal mais alto do estado nesta terça-feira (08) para argumentar que ele deveria receber um novo julgamento.

Marcello Almeida, um imigrante indocumentado do Brasil que está cumprindo uma sentença de prisão perpétua pelo assassinato em primeiro grau de Patrícia Frois, argumenta que os promotores, em seu julgamento no ano de 2012, caracterizaram algumas evidências e foram autorizados a apresentar outras que colocaram o júri contra ele.

Os promotores, em resposta, disseram que nenhuma das questões levantadas é significativa o suficiente para ter mudado o veredicto dos jurados. De acordo com a acusação, Almeida, que tinha 45 anos quando foi condenado, admitiu ter esfaqueado várias vezes a sua ex, depois de meses tentando desesperadamente forçá-la a voltar para ele.

– Trump condiciona aprovação do DACA à reforma de imigração

– Projeto coordenado por igreja brasileira ajuda centenas de moradores de rua em Lowell (MA)

– Comunidade dá adeus a líder do ministério infantil em Lowell (MA)

– DJ Anderson Rodeio é liberado pelo ICE

– Brasileirinho morre antes do parto e família pede ajuda para enterro

FEVEREIRO

Dois brasileiros fazem arruaça na 93 e são presos

No final do dia 24, um grupo com aproximadamente 30 motoqueiros colocou a vida de várias pessoas em risco ao realizarem manobras arriscadas na Rota 93 Sul, próximo à saída 18, em Boston (Massachusetts). De acordo com as informações, os baderneiros só pararam coma chegada da polícia estadual, que cercou os dois lados da pista.

Conforme podem ser vistos em vídeos que circulam as redes sociais, os motoqueiros empinavam suas motos na frente de outros veículos, faziam manobras em forma de círculos e transitavam na contramão.

– Trump compara imigrantes a cobras traiçoeiras

– Imigrante corta pescoço do filho para fazer parar de chorar

– Cantor Johnny Costa faz campanha para ajudar mãe com câncer

– Jovens brasileiros criados nos EUA continuam a lutar contra deportação

– Casal de Rhode Island acusa hospital de não liberar filho recém-nascido

MARÇO

Ativistas comentam mudanças para emissão da carteira de motorista em MA

O jornal Brazilian Times divulgou a mudança nas regras para renovar ou conseguir uma carteira de motorista em Massachusetts. As alterações foram divulgadas no site do departamento de trânsito do estado (DMV, sigla em inglês) e agora o documento só será liberado mediante prova de cidadania ou Green Card. Até o momento, era permitido apenas com a apresentação do Social Security.

Quando a notícias foi publicada na fanpage do BT, no Facebook, uma enorme polêmica se formou em torno do assunto. Enquanto alguns lamentavam a posição do governo em fazer esta mudança, outros diziam que tudo era boato e que a matéria tinha apenas o objetivo de assustar os leitores.

Para mostrar a verdade, a reportagem conversou com alguns ativistas para entender o que eles pensam sobre a mudança nas regras e o que aconselham para os imigrantes que precisam da carteira, mas só tem Social.

– Organização criada por brasileira concorre a prêmios nos EUA

– Brasileiro é condenado por reentrar ilegalmente nos EUA

– Brasileira ganha US$10 milhões em raspadinha

– Instrutor brasileiro de Jiu-Jitsu é acusado de fazer sexo com menor

– Brasileira faz desabafo e diz que escola contribuiu para suicídio do filho

ABRIL

Trump coloca fim ao “esquema cai-cai” na fronteira

O presidente Donald Trump ordenou que as agências governamentais parem com a política de “pegar e soltar” imigrantes. A medida, segundo o Presidente dos EUA, permitiu que imigrantes que entravam ilegalmente no País fossem libertados da prisão enquanto aguardavam uma audiência judicial sobre seu status.

Acabar com esta política foi uma das principais promessas do presidente durante sua campanha de 2016. No entanto, as autoridades de imigração relataram uma escassez de espaço para abrigar imigrantes detidos. O memorando assinado por Trump ordenou que os Departamentos de Defesa e Segurança Interna encontrassem instalações militares capazes de abrigar as pessoas que tiverem sido detidas.

– Projeto lançado por brasileiro em Framingham (MA) promete transformar pequenas empresas em grandes negócios

– Brasileiro é preso pelo ICE ao comparecer em tribunal

– Radialista Frilei Bras é preso pela Imigração

– Incêndio deixa 10 brasileiros desalojados em Somerville (MA)

– Brasileira que morava em MA leva 30 facadas na Flórida

MAIO

Brasileira relata como foi viver três meses em uma prisão de imigração

Vivendo nos Estados Unidos há 16 anos e em processo de legalização, a brasileira Lucimar de Souza, 49, não imaginava que poderia ser presa na saída de uma audiência, logo depois que o seu casamento com um americano foi aprovado pelas autoridades de imigração. “Já estavam me esperando na porta”, contou.

Ela foi encaminhada a um presídio, em razão de uma ordem de deportação de 2002, e passou pouco mais de três meses detida — foi liberada no início do mês.

“Eu sou de Governador Valadares (MG). Vim para os EUA porque escolhi o país para ter minha família, para viver o sonho americano. Eu vim pelo México, ilegalmente. Comecei a trabalhar como faxineira e fui conquistando as minhas coisas. O bom desse país é isso: trabalhando, a gente consegue alcançar nossos objetivos”, disse.

– Mais um brasileiro é preso pelo ICE ao sair de tribunal

– Senador Jamie Eldridge passa emenda para proteger imigrantes em Massachusetts

– Manifestação em Newburyport pede libertação de brasileiro

– Polícia de Marlborugh (MA) inicia busca por brasileiro considerado perigoso

– Brasileiros iniciam campanha para velório de brasileira morta a facadas

JUNHO

ICE realiza mais uma blitz de imigração na “Rota do medo” em NH

O jornal Brazilian Times vem alertando há algumas edições sobre o perigo da região que ficou conhecida como “Rota do medo” em New Hampshire. O US Immigration and Customs Enforcement (ICE) e os agentes da Patrulha de Fronteira iniciaram no ano passado alguns postos de controle para deter imigrantes que estão em situação irregular nos Estados Unidos.

Na sexta-feira, dia 15, mais uma blitz aconteceu no mesmo local, a Interestadual 93, na cidade de Woodstock. Este é o segundo posto de controle em 2018 e se estendeu até sábado e domingo.

De acordo com as informações, a blitz começou na manhã de sexta-feira e um usuário do twitter disse que foi parado e chamou a operação de “estúpida perda de tempo”. Um funcionário do ICE disse que a ação é “uma importante ferramenta para a aplicação da lei”.

– Brasileira vira símbolo contra separação de famílias nos EUA

– Mais um brasileiro comete suicídio em New Hampshire

– Protesto em Framingham (MA) pede reunificação de famílias separadas

– ICE prende brasileiro inocentado de acusação de estupro

– Após erros na Imigração, brasileira é autorizada a voltar após EUA

JULHO

Mataram minha mãe e me separaram de meu pai”, diz criança imigrante

Rosa espera o menino, que vem sozinho. O menino é bochechudo, tem covinhas e cabelos bem pretos. É seu neto, que ela não vê há 11 anos e de quem vai cuidar de agora em diante.

Já tinham se passado duas horas e o menino não chegava. Rosa, aliás, havia chegado antes do horário no aeroporto, porque estava ansiosa.

Os voos aterrissam e pela porta saem famílias com mais crianças que adultos. Os pequenos carregam mochilas com ilustrações de desenhos animados, trajam bermudas coloridas e ficam olhando a loja do Mickey Mouse que fica logo no portão. Muitos estão em Orlando para visitar a Disney.

No meio de todo mundo, de repente aparece um menino sozinho. “É o Brayan”, disse Rosa. “É o meu menino.”

– Moradores de favela participam de evento em Boston (MA)

– Mãe e filho separados pela Imigração se reencontram em Boston (MA)

– Brasileiro sofre queimaduras no corpo e pede ajuda

– Brazil on the Greeway celebra cultura brasileira em Massachusetts

– Incêndio destrói casa do pastor Alexandre Silva e pastora Elaine de Jesus

AGOSTO

Brasileiro morre pisoteado por touro

Na noite do dia 29, o brasileiro Evaldo Silva, mais conhecido como “Dinho”, morreu após ser pisoteado por um touro. De acordo com as informações colhidas pelo Brazilian Times, quando aconteceu o acidente, ele treinava em uma arena na cidade de Norton (Massachusetts) e se preparava para o seu próximo rodeio.

Um peão experiente, divertido e amigo de todos. Era assim como Dinho era definido pelos colegas e pessoas que o conheciam. Após cair do touro e ser pisoteado, ele se feriu gravemente e foi levado para um hospital de Rhode Island, onde foi declarado morto às 2:00 a.m. desta quinta-feira, dia 30.

A New England Rodeo, da qual Dinho fazia parte, e alguns amigos se reuniram para realizar um “Rodeio Beneficente”, o qual reverterá toda a arrecadação para o translado do corpo do brasileiro ao Brasil.

– Procurador dos EUA emite ordem para acelerar deportações

– Vereadora brasileira denuncia maus-tratos a turistas brasileiros em aeroporto de Boston

– Brasileira largou tudo e seguiu amor haitiano até o México

– Mineiro descreve como trafica pessoas

– Indocumentado é acusado de fazer sexo com menina de 11 anos em Lynn (MA)

SETEMBRO

Trump promete endurecer regras para concessão de ‘green cards’

O governo americano planeja dificultar a concessão de residência permanente a imigrantes que se beneficiam de políticas públicas como tíquetes-alimentação, remédios gratuitos ou auxílio-moradia. As informações foram divulgadas pelo Departamento de Segurança Interna, no dia 23.

Na campanha eleitoral de 2016, o presidente Donald Trump prometeu endurecer as políticas de imigração para os Estados Unidos, bem como reduzir o número de concessões de “green cards” no país. Recentemente, ele mencionou a vontade de substituir o sistema de imigração atual por um baseado em mérito, levando em conta as habilidades para trabalho.

Em proposta de 447 páginas, o DHS explicou que ser um atual ou ex-beneficiário de certas políticas sociais será considerado “um fator de peso altamente negativo” para considerar uma solicitação de “green card”, o visto de residência permanente nos Estados Unidos.

– Senador Jamie Eldridge recebe apoio da comunidade brasileira em Boston (MA)

– Capixaba morto em MA é enterrado no Brasil

– Mineiro é acusado de espancar a namorada na Flórida

– Polícia desmantela esquema de prostituição com brasileiras em NY

– Brasileiro participa de Torneio Internacional do Cubo Mágico em Boston (MA)

OUTUBRO

Mais de 9 mil imigrantes são salvos da deportação após brasileiro vencer processo

Liliana Barrios estava trabalhando em uma padaria na Califórnia em julho e enfrentando uma possível deportação quando recebeu uma ligação de seu advogado de imigração com boas notícias.

O aviso para comparecer ao tribunal que ela recebeu em seu caso de deportação não especificou uma hora ou data para sua primeira audiência, observando que eles seriam determinados mais tarde. Seu advogado ligou para dizer que a Suprema Corte dos EUA havia acabado de emitir uma decisão que poderia abrir a porta para que seu caso, junto com milhares de outros, fosse rejeitado.

O caso do Supremo Tribunal envolveu Wescley Fonseca Pereira, um imigrante brasileiro que ultrapassou seu visto e foi colocado em processo de deportação em 2006. A papelada inicial que foi enviado para ele não declarou data e hora de comparecimento, e Pereira disse que não recebeu aviso subsequente dizendo-lhe onde e quando comparecer. Quando ele não chegou ao tribunal, ele entrou em processo de deportação.

– Brasil fica novamente fora da loteria do Green Card

– Brasileiro que vive nos EUA ganha direito de se aposentar por idade

– Dois brasileiros que vivem nos EUA são eleitos no Brasil

– ICE deporta brasileiro procurado por assassinato em Goiás

– “Sul em Festa” traz Os Monarcas para Massachusetts

NOVEMBRO

Cônsul Glivânia anuncia que deixará o cargo e brasileiros destacam “gestão comunitária”

No dia 1º de Janeiro de 2015, o Consulado-geral do Brasil em Boston (Massachusetts) recebia sua nova Cônsul, Glivânia Maria de Oliveira. Ela assumiu o cargo, como todos os seus antecessores, mas o que ninguém sabia é que ela faria a diferença e construiria uma história de proximidade com a comunidade como nenhuma jamais fez.

Assim que assumiu o cargo, ela já mostrou que sua gestão em Massachusetts seria direcionada à comunidade e entre as prioridades apresentadas estavam melhorias no tempo e na qualidade do atendimento prestados aos brasileiros.

Há cerca de um mês para deixar o cargo, Glivânia conquistou nestes três anos, como Cônsul, a confiança e o carinho da comunidade. Ela participou de quase todos os eventos promovidos na comunidade e sempre esteve à frente de assuntos de interesse dos brasileiros em Massachusetts.

– Advogado racista que humilhou mineiros faz mais uma vítima

– Brasileira e filho são atropelados em Peabody

– Vereadores de Springfield aprovam medidas para proteger imigrantes

– Juiz bloqueia medidas de Trump para limitar pedidos de asilo

– Gaúcha é eleita deputada por Minnesota

DEZEMBRO

Após 43 dias preso, brasileiro é solto pelo ICE

Preso por agentes do Departamento de Imigração e Alfândega dos Estados Unidos (ICE), no dia 1º de novembro, o brasileiro Rafael Guedes, natural de São Paulo, contou com o apoio da comunidade para vencer esta parte triste da sua vida. Assim que ele foi preso, os amigos e familiares se uniram para arrecadar dinheiro e pagar as despesas do advogado, bem como as taxas judiciais e fiança.

Ele diz que além de sua liberdade, ele teve vários presentes de Natal que juntos fizeram o seu final de ano mais feliz. A sua soltura, de acordo com ele, também se deve ao fato do seu caso ter sido julgado por uma “boa juíza” e a presença ado seu chefe na audiência e o valor fiança não ter sido tão alto-US$10 mil.

– Mineiro viajou a Marlborough (MA) para passar natal com o filho e morre

– Brasileiro é acusado de matar a esposa e pode pegar prisão perpétua no Maine

– Brasileiro perde a perna em acidente de carro em Winthrop (MA)

– Campanha para comprar escadas para imigrantes pularem muro de Trump é iniciada

– Filho de brasileira é internado após sofrer bulliyng em escola de Malden (MA)

Fonte: Redação – Brazilian Times

Fonte: Brazilian Times

Comentários Facebook