Artista teuto-brasileira faz exposição solo no Museu de Arte de Sarasota

DA REDAÇÃO – O trabalho artístico de Janaína Tschäpe, que nasceu na Alemanha e foi criada no Brasil, pode ser visto até o dia 2 de maio no Museu de Arte de Sarasota. A galeria dedica um espaço exclusivo para a artista que tem renome internacional. A exibição foi aberta no dia 14 de dezembro, data de aniversário de 1 ano do museu.

Between the Sky and the Water apresenta 80 trabalhos que abrange uma grande variedade de formatos, apresentando a obra da Janaína dos últimos 20 anos. As peças fazem parte de museus e coleções particulares espalhadas pelo mundo. A exibição acontece simultaneamente com outra da mesma artista que dialoga com as obras de Claude Monet no museu I’Orangerie em Paris.

A exposição busca explorar o pensamento, a forma de pensar o espaço de trabalho da artista, na qual as pinturas dela emergem. Nas palavras da própria artista, “toda a exploração, viajando pelo mundo com a câmera, as apresentações, os objetos evoluindo em esculturas, em vídeos e novamente em instalações, tudo levou a minha descoberta do espaço onde realizo minhas pinturas. Cada vez que retorno à pintura é um novo patamar de confiança sobre o espaço que está contido nele e o espaço em que as pinturas emergem”, disse.

Exposição de Janaína Tschäpe no Museu de Arte de Sarasota, Flórida (Foto: Divulgação)
Exposição de Janaína Tschäpe no Museu de Arte de Sarasota, Flórida (Foto: Divulgação)

A curadora da exposição, Anne-Marie Russell diz que “enquanto Janaína demonstra maestria elegante, intelectualmente e tecnicamente em qualquer formato–fotografia, vídeo, instalação, apresentação, escultura, vidro, ela é no final uma pintora”, analisa.

As práticas auxiliares de Janaína são altamente desenvolvidas e fazem sucesso como artes próprias, mas elas também servem para estabelecer uma cosmologia da mentalidade do local de trabalho, o que oferece a plataforma para sua prática de pintura.

“Os residentes de Sarasota se juntaram, contra todas as diversidades e perseveraram durante um período de 20 anos para fundar um museu de arte contemporânea, especialmente projetado para reunir as pessoas. Os artistas e a instituição têm plena consciência das dificuldades que foi o ano de 2020 e como a pandemia separou as pessoas”, atesta o website do museu.

Quem é Janaína Tschäpe?

Janaína Tschäpe nasceu em 1973 em Munique, Alemanha e foi criada em São Paulo. Ela recebeu seu bacharelado em artes pela Hochschule für Bilende Künste, Hamburgo e seu mestrado em artes pela Escola de Artes Visuais de Nova York.

Os trabalhos de Janaína têm sido apresentado em inúmeras exibições ao redor do mundo, incluindo Nova York, Tóquio, Londres, Madri, Suíça, Berlim e mais recentemente no Musée de I’Orangerie em Paris.

Suas obras estão em importantes coleções públicas e privadas incluindo Centre Pompidou, Paris; Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofía, Madri; National Gallery of Art, Washington, D.C.; Moderna Museet, Estocolmo, Suécia; Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro e no Solomon R. Guggenheim Museum, Nova York, entre outros.

Atualmente ela divide seu tempo entre Nova York e Brasil.

The post Artista teuto-brasileira faz exposição solo no Museu de Arte de Sarasota first appeared on AcheiUSA. Fonte: AcheiUSA

Comentários Facebook