Estudante transexual ganha direito a usar banheiro de acordo com o gênero em que se identifica

Nesta segunda-feira (28), o mundo celebra o Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA + (Gays, Lésbicas, Bissexuais, Transexuais e Pessoas Intersexo), e essa comunidade obteve uma vitória na Suprema Corte dos EUA.

Os juízes deram ganho de causa para Gavin Grimm, um estudante transexual da Virgínia, que lutou por anos para usar o banheiro masculino em sua escola.

O tribunal americano rejeitou ouvir a apelação apresentada pelas autoridades escolares do estado de Virgínia, que se opõem a permitir que adolescentes transgêneros usem o banheiro de acordo com sua identidade.

A decisão, então, reafirma a de um tribunal federal de apelações, que no ano passado deu a razão para Grimm. O tribunal determinou que a escola violou as leis contra a discriminação ao não permitir que o aluno entrasse no banheiro masculino.

“Me alegra o fim da minha luta de anos para que minha escola me visse por quem eu sou”, disse o jovem de 22 anos, que começou a batalha judicial quando tinha 15. “A juventude trans merece usar o banheiro em paz, sem ser humilhada e estigmatizada pelas autoridades de sua própria escola e funcionários eleitos”, acrescentou em um comunicado.

Os direitos dos transgêneros são um campo de batalha política entre progressistas e conservadores nos Estados Unidos, e as chamadas “guerras dos banheiros” foram uma das frentes de maior destaque nos últimos anos.

O governo do ex-presidente Barack Obama pediu às escolas públicas que deixassem os estudantes usarem os banheiros e vestuários de acordo com o gênero com o qual se identificam. Seu sucessor, o republicano Donald Trump, eliminou essas normas em fevereiro de 2017. (Com informações da AFP)

The post Estudante transexual ganha direito a usar banheiro de acordo com o gênero em que se identifica first appeared on AcheiUSA. Fonte: AcheiUSA

Comentários Facebook