ICE promete maior presença em locais sem cooperação da polícia

Logo depois de eleger novos xerifes que fizeram campanha contra a cooperação com o ICE, várias cidades da Carolina do Norte viram um aumento em batidas de imigração e prisões. E o ICE está dizendo: é bom se acostumar com isso.

Em uma coletiva de imprensa na sexta-feira (8), o diretor do escritório do Immigration and Customs Enforcement de Atlanta, Sean Gallagher, disse que os condados da Carolina do Norte devem esperar mais ataques e prisões, porque a polícia local não está mais ajudando o ICE.

“Eu diria que será normal ver uma presença mais visível do ICE nas comunidades”, disse Gallagher. “Provavelmente não serão 200 casos por semana – mas você verá um aumento na fiscalização”.

Gallagher elaborou que, desses casos, cerca de 100 já tinham antecedentes criminais ou enfrentavam acusações pendentes, e 50 já haviam recebido ordens de deportação. No entanto, observou Gallagher, 60 foram resultantes dessas novas batidas do ICE.

O aumento no número de ataques é “um produto de algumas das políticas que foram promulgadas dentro do estado em relação ao Condado de Mecklenburg, Durham, Condado de Wake, bem como Orange County”, disse Gallagher.

“Eu acho que o aumento que você viu é o resultado direto de algumas das políticas perigosas que alguns dos nossos xerifes de condados colocaram em prática, e isso realmente força meus policiais a saírem às ruas e conduzir mais operações na comunidade, em tribunais, em residências, fazendo paradas no trânsito ”, disse ele. “Esta é uma correlação direta entre as políticas perigosas dos xerifes de não cooperar com o ICE e o fato de que temos que continuar a executar nossa importante missão de aplicação da lei”.

Gallagher mencionou então xerifes específicos e cidades onde os indivíduos haviam sido liberados de volta à população. Para ele, isso representa um risco para a segurança pública.

Pesquisas descobriram repetidas vezes que não há conexão verificável entre a imigração, legal ou não documentada, e um aumento no crime violento.

O xerife do condado de Orange, Charles Blackwood, tem políticas semelhantes em vigor desde 2014.

Garry McFadden, recém-eleito xerife do condado de Mecklenburg, fez ações semelhantes, ecoando as do xerife Clarence Birkhead do Condado de Durham. Birkhead declarou que seu departamento não atenderia aos pedidos de detenção do ICE (onde uma pessoa é presa por mais tempo, para o ICE poder, assim, buscá-la) sem um mandado de prisão ou ordem judicial.

De acordo com a INDY Week, mais de 100 pessoas foram colocadas sob custódia do ICE ao longo de três anos diretamente da prisão de Durham por causa da política de solicitação de detenção, desde então alterada.

Em recente reunião do Conselho Municipal em Durham, o organizador local Ivan Almonte disse que as comunidades latinas foram afetadas de várias maneiras pela crescente presença do ICE na área, com empresas relatando perda de clientes e funcionários, e pais tendo medo de mandar seus filhos para a escola, por exemplo.

“Se você vai a bairros onde a maioria dos moradores são latinos ou imigrantes, você verá que as ruas estão vazias”, disse Almonte. Com informações do New York Daily News.

Relacionada:

Batida do ICE detém 97 imigrantes no Tennessee

O post ICE promete maior presença em locais sem cooperação da polícia apareceu primeiro em .

Fonte: Gazeta News

Comentários Facebook